5 COISAS QUE APRENDI EM 5 SEMANAS SEM REDES SÓCIAIS

Eu sou nerd e, desde sempre adoro tecnologia.  Fui uns dos primeiros no meu ciclo de amizade a aderir ao Facebook e Twitter e passei a entrar para toda e qualquer rede social que alguém criasse, pelo menos para saber como era.

Era bem ativo no Facebook, Instagram e twittwer e continuava ligado em tudo o que ia aparecendo.

Eu estava tão acostumado a passar o dia todo nas redes sociais que nem me dava mais conta do quanto tempo isso consumia da minha vida e acabava atrapalhando a minha rotina diária, e foram muitas vezes que fiquei com a sensação de falta de tempo para completar as atividades diárias. Comecei a ver a necessidade de  identificar o que é vital e eliminar todo o resto da minha vida, para que pudesse dar a maior contribuição possível àquilo que realmente importa.

Como eu sou meio radical, decidi me desafiar e ficar 5 semanas sem entrar em nenhuma rede social. Apaguei todos os aplicativos do meu iPhone e bloqueei todos os sites no meu laptop.

Eu aprendi muito com essa experiência e gostaria de dividir um pouco com vocês.

SEMANA 1

Na primeira semana eu fiquei meio sem rumo. Acordava e instintivamente pegava meu celular, mas não tinha nada para ver. Levantava e continuava meio sem saber como começar meu dia. Sentia falta daqueles “minutos” de preguiça passeando pelo meu feed antes de levantar porque eles me ajudam a despertar, e durante o dia ficava pensando em tudo o que eu estava perdendo, nos vídeos e publicações engraçadas.

SEMANA 2

Na segunda semana já foi mais fácil. Em vez de pegar meu celular eu decidi ler um livro por 20 minutos antes de levantar. Isso foi uma ótima ideia! Usei os “minutos da preguiça” que eu gosto de passar na cama antes de levantar para aprender alguma coisa.

No fim do dia vi que meu iPhone ainda tinha 78% da bateria carregada no dia anterior. Isso mesmo! O que acaba com a bateria são as notificações e as milhões de vezes que abrimos para checar e-mails, mensagens e etc.

Aliás, eu não fazia ideia do quanto as notificações acabavam com a minha produtividade.. Toda vez que eu via uma notificação EU PRECISAVA ver o que é. E, se aquela notificação exigisse uma resposta, EU PRECISAVA responder naquele minuto.

Só que cada vez que eu parava para ler um comentário de alguém, eu acabava voltando pro feed, aí sou praticamente obrigado a compartilhar com a meus amigos que de certeza que vai amar, aí começamos uma conversa no WhatsApp e quando via, mais 1h do meu dia se foi sem que eu percebesse.

SEMANA 3

A gente vê muita celebridade de Instagram/ Snapchat dizendo que adora dividir o dia-a-dia nas redes para inspirar as pessoas. Looks, a rotina de malhação, a barriga de tanquinho, as viagens, os tratamentos estéticos, os eventos, a decoração da casa, os presentes recebidos no mês e etc.

Na terceira semana eu notei que estava me sentindo muito mais inspirado estando por fora de tudo o que acontece nas redes sociais do que enquanto perdia um tempo precioso do meu dia acompanhando as milhões de horas da vida das celebridades no instagram, por exemplo.

Isso me fez ver o quão passivo eu me tornei em relação ao conteúdo que eu consumia. No final de cada dia me sentia tão bem que me surpreendeu o fato de que eu não estava sentindo falta nenhuma de todo o conteúdo que eu passo horas consumindo diariamente.

SEMANA 4

Na quarta semana comecei a pensar no propósito das minhas redes sociais. Por que eu posto o que eu posto?

Se eu disser que tudo o que eu posto hoje em dia é para mim e que eu não ligo para a opinião dos outros, estarei mentindo. Eu já fui assim. O problema é que depois que várias pessoas que não eram só os meus amigos começaram a me seguir eu travei um pouco.

Ao mesmo tempo em que eu me recuso postar algo só porque gera mais likes, eu comecei a me questionar muito sobre a relevância dos meus posts. Agora penso assim “Se isso inspirar alguém, ótimo, se não, o DESFAZER AMIZADE está aí para isso, sem ressentimentos!”

SEMANA 5

Pelos meus cálculos, eu passava uma média de 4 horas do meu dia nas redes sociais. Depois do detox esse número seguramente caiu para 1 hora no máximo. Algumas mudanças foram fundamentais para diminuir esse tempo:

  • Desativei todas as notificações. T-O-D-A-S.
  • Parei de seguir pessoas e conteúdos que viraram paisagem. Sabe aqueles que você não tem mais paciência e acaba passando rápido ou nem presta atenção?
  • Também deixei de seguir pessoas e sites que eu não me identifico mais e até me irritam um pouquinho, mas continuava seguindo.
  • Conversa no chat não mais do que 5 minutos.

E vocês? Qual é a relação que vocês têm com as redes sociais? Contem-me nos comentários!

 

Deixe uma resposta