Ranking das 10 melhores universidades Angolanas -2016

International Colleges and Universities divulgou o ranking das 10 melhores universidades Angolanas, comparando com o Raking 2015 o destaque vai para a Universidade independente de Angola que subiu para segunda posição e a Universidade Metodista de Angola passou da quarta para terceira posição do ranking, veja a lista completa abaixo.

Posição Universidade Localização
1 Universidade Católica de Angola
Luanda
2 Universidade Independente de Angola
Corimba
3 Universidade Metodista de Angola
Luanda
4 Universidade Técnica de Angola
Luanda
5 Universidade Gregório Semedo
Luanda
6 Universidade Mandume Ya Ndemufayo
Lubango
7 Universidade Katyavala Bwila
Benguela
8 Universidade Agostinho Neto
Luanda …
9 Universidade Kimpa Vita
Uíge …
10 Universidade Óscar Ribas

Você pode ver a lista completa em http://www.4icu.org/ao/

14 comments to “Ranking das 10 melhores universidades Angolanas -2016”

You can leave a reply or Trackback this post.

  1. Mauro - at Reply

    Não concordo com o posicionamento da Universidade Agostinho Neto. Em termos de organização, admito que não é das melhores, mas quando se trata de conhecimentos avançados, é das primeiras.

    • António Mateta - at Reply

      Tens a certeza do que estas a dizer?
      O que é que vc quer dizer com conhecimentos avançados? Será que é fazer faculdade de engenharia, e sai como professor de matemática, física e química?Porque é isto que todo mundo vê, os engenheiros dela só são bons em números o que tem a ver com a área deles eles não sabem, por mi a UAN não poderia constar na lista das melhores universidade de Angola, mas sim na lista dos melhores colégio superior de Angola.

  2. António Barbosa da Silva - at Reply

    Em geral, uma universidade independente tem melhor possibilidade de se distinguir do que uma do Estado. Por exemplo, as universidades católicas, em todo o mundo, são exemplos disto. La raison d’être disto, talvez seja a necessidade de trabalhar arduamente para sobreviver. Aqui na Noruega, as universidades e escolas privadas têm conquistado os primeiros lugares, quer na formação e pedagogia, quer nos resultados de pesquisas científicas. Veja por exemplo, The Mission School of Theology (Stavanger) and Ansgar University College and Theological Seminary (Kristiansand).

  3. Florisval Muhalia - at Reply

    A Universidade Católica está bem posicionada,o que não concordo é a Universidade Agostinho Neto em 8ª posição, depois da Católica ou seja a Universidade católica e Universidade Agostinho Neto estão no meu ponto de vista em pé de igualdade, para um dos critérios é o nível os professores que lá lecionam a maioria são mestrados e Doutorados, e não há gasosa para poder passa de classe enquanto nessas Universidades os alunos aflitos em algumas cadeiras pagam para terem notas e eliminarem algumas cadeiras os professores falam com os delegados e recebem o dinheiro há casos nessas Universidades em que os alunos já tem enunciado de provas antes de entrar na sala de aulas,coisa que não é possível nas universidades Católica e Agostinho Neto, por isso tenho muitas dúvidas deste inquérito.

  4. Geovanni - at Reply

    Lusiada nem consta
    ensino baixo

  5. Albuquerque Augusto - at Reply

    Boa noite, eu sou de opiniao q em Angola o nosso ensino universitario.esta muito abaixo da media.porq tem tres coisas q nos caraterizam primordiamente.e q as pessoas vao para as universidades,com um ensino medio debilitados.onde as pessoas estao nas universidades, por vaidade.e nao por merito,nao porq gostam de estudar.os proprios docentes universitaros,tem duvida no q ensinam.entao com isto tudo Minha conclusao.e q o Problema esta na base,e a base e o ensino de base,e o ensino medio.quando tivermos um ensino medio forte,podemos crer q em vez de termos os nomes das nossas universidades.bem posicionados nos extrangeiros.teremos alunos formados em Angola, a trabalharem nos estados da america,em franca.etc meu ponto de vista.

    • Alexandre Isaac - at Reply

      De certo ponto amigo Albuquerque estas certo e no meu ponto de vista concordo plenamente com sigo.

  6. josué Cayove - at Reply

    Catalogar uma lista, enumerando nela, dentre muitas, as Universidades que mais se destacam, é um exercício louvável mas desprovido de qualquer cientificidade. A invisibilidade de uma regra padronizada permite-nos concluir que socorreu-se de critérios vãos, por sinal desconhecidos, por não se abstraírem de preceitos que servem de premissa para esse desfecho. Similar a esse estudo das Universidades, é o que se tem feito, e de forma fortuita, para aferir “a melhor faculdade”… Para solucionar essa equação socorrem-se de “itens” como: a qualidade do formado (aferida a partir do ingresso ao mercado de emprego, no desempenhando de funções), o número de formados, a média final de curso, enfim… Os critérios são todos eles aleatórios que, quando aplicados, deixam margem para falta de credibilidade científica dos resultados…

  7. Kinavuidi Mvambanu - at Reply

    No site oficial cita a Universidade Metodista em 5 lugar mas aqui vejo que passou a ser o Gregório Semedo, o que aconteceu?

    • Aristides Lemba - at Reply

      Ilustre Saudações,

      Acreditamos que houve uma atualização no site oficial, por isso colocamos o link para posteriores consultas.
      Obrigado pelo reparo, vamos atualizar o nosso artigo.

      Melhores cumprimentos,

      Aristides Lemba

  8. António Francisco do Nascimento - at Reply

    Os institutos superiores porque não constam da qualidade do ensino superior em Angola?
    Será que não há mesmo qualidade ou por não terem atingido a categoria de universidade?

    • Aristides Lemba - at Reply

      Saudações ilustre António do Nascimento, esse ranking só lista as dez melhores instituições de ensino superior para ver a ista completa, por favor, acessar Você pode ver a lista completa em http://www.4icu.org/ao/

Deixe uma resposta